From 1 - 10 / 36
  • Áreas desmatadas em 2019 para 99 cenas prioritárias. Para gerar este dado, o INPE analisou um subconjunto de 99 cenas do sensor OLI/Landsat-8 dentro das 229 que recobrem a Amazônia Legal. As 99 cenas selecionadas como prioritárias atendem a três critérios: 1) cobrir a região onde foram registrados pelo menos 90% do desmatamento no período anterior do PRODES (agosto/2017 a julho/2018); 2) cobrir regiões onde foram registrados pelo menos 90% dos avisos de desmatamento do DETER 2018/2019; e 3) cobrir os 39 municípios prioritários para fiscalização referidos no Decreto Federal 6.321/2007 e atualizado em 2018 pela Portaria No. 428 do Ministério do Meio Ambiente (MMA). O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas. Saiba mais informações na nota técnica: http://www.obt.inpe.br/OBT/noticias/a-estimativa-da-taxa-de-desmatamento-por-corte-raso-para-a-amazonia-legal-em-2019-e-de-9-762-km2 Descrição dos atributos do dado composto por: nome do atributo, tipo do dado e descrição gid - número inteiro - identificador único de cada feição origin_id - número - identificador único para rastreabilidade da feição na origem/produção do dado geom - feição composta por um ou mais polígonos - geometria obtida por interpretação visual de imagem de satélite uf - texto - estado/unidade da federação pathrow - texto - código da cena formado por linha/coluna da grade de passagem do satélite Landsat mainclass - texto - nome da classe principal atribuída à feição class_name - texto - nome da classe específica atribuída à feição dsfnv - número - indica se havia nuvem em ano anterior sobre a feição julday - número - dia juliano view_date - texto - data da cena usada para obter a feição ano - número - ano do desmatamento, usado para facilitar as consultas ao banco de dados areakm - número - área calculada para a feição em km² scene_id - número - identificador da cena no banco de dados, usado para consultas publish_year - data - usado para permitir a publicação do dado no GeoServer com dimensão temporal

  • Dado de terceiro para uso auxiliar, composto pelos limites dos estados, provenientes do shapefile municipios_2017 (IBGE), recortados pelos limites da Amazônia Legal. Estados ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original de estados foi obtido via FTP do seguinte endereço: ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/malhas_territoriais/malhas_municipais/municipio_2017/Brasil/BR/ A data de download foi 07/07/2018

  • Mosaico temporal da Amazônia Legal à partir de 2000 discretizado em uma série histórica anual para o período de 2000 a 2018. Os mosaicos utilizam imagens do satélite Landsat ou similares para minimizar o problema de cobertura de nuvens, registrar e quantificar as áreas desmatadas acima de 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas.

  • Área total desmatada, comumente chamada de máscara de desmatamento, medida desde 1988 até 2007. O mapeamento utiliza imagens do satélite Landsat ou similares, para registrar e quantificar as áreas desmatadas maiores que 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas. Descrição dos atributos do dado composto por: nome do atributo, tipo do dado e descrição gid - número inteiro - identificador único de cada feição origin_id - número - identificador único para rastreabilidade da feição na origem/produção do dado geom - feição composta por um ou mais polígonos - geometria obtida por interpretação visual de imagem de satélite uf - texto - estado/unidade da federação pathrow - texto - código da cena formado por linha/coluna da grade de passagem do satélite Landsat mainclass - texto - nome da classe principal atribuída à feição (valor único, "DESMATAMENTO", para a máscara) class_name - texto - nome da classe específica atribuída à feição (valor único, "d2007", para a máscara) dsfnv - número - indica se havia nuvem em ano anterior sobre a feição julday - número - dia juliano (inexistente para a máscara) view_date - texto - data da cena usada para obter a feição (inexistente para a máscara) ano - número - ano do desmatamento, usado para facilitar as consultas ao banco de dados (valor único, 2007, para a máscara) areakm - número - área calculada para a feição em km² scene_id - número - identificador da cena no banco de dados, usado para consultas (inexistente para a máscara)

  • Dado de terceiro para uso auxiliar, composto pelos limites dos municípios, provenientes do shapefile municipios_2017 (IBGE), recortados pelos limites do bioma Pampa. Municípios ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original de municípios foi obtido via FTP do seguinte endereço: ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/malhas_territoriais/malhas_municipais/municipio_2017/Brasil/BR/ A data de download foi 07/07/2018 Biomas ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original dos Biomas do Brasil foi obtido via HTTP do seguinte endereço: https://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/estudos_ambientais/biomas/vetores/Biomas_5000mil.zip A data de download foi 07/07/2018 Metadado original: http://www.metadados.inde.gov.br/geonetwork/srv/por/metadata.show?id=75177&currTab=simple

  • Dado de terceiro para uso auxiliar, composto pelos limites do bioma Amazônia. Biomas ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original dos Biomas do Brasil foi obtido via HTTP do seguinte endereço: https://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/estudos_ambientais/biomas/vetores/Biomas_5000mil.zip A data de download foi 07/07/2018 Metadado original: http://www.metadados.inde.gov.br/geonetwork/srv/por/metadata.show?id=75177&currTab=simple

  • Dado de terceiro para uso auxiliar, composto pelos limites dos estados, provenientes do shapefile municipios_2017 (IBGE), recortados pelos limites do bioma Pantanal. Estados ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original de estados foi obtido via FTP do seguinte endereço: ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/malhas_territoriais/malhas_municipais/municipio_2017/Brasil/BR/ A data de download foi 07/07/2018 Biomas ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original dos Biomas do Brasil foi obtido via HTTP do seguinte endereço: https://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/estudos_ambientais/biomas/vetores/Biomas_5000mil.zip A data de download foi 07/07/2018 Metadado original: http://www.metadados.inde.gov.br/geonetwork/srv/por/metadata.show?id=75177&currTab=simple

  • Mosaico do Pampa para o ano de 2016. O mosaico utiliza imagens do satélite Landsat ou similares para minimizar o problema de cobertura de nuvens, registrar e quantificar as áreas desmatadas acima de 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas.

  • Dado de terceiro para uso auxiliar, composto pelos limites do bioma Cerrado. Biomas ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O shapefile original dos Biomas do Brasil foi obtido via HTTP do seguinte endereço: https://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/estudos_ambientais/biomas/vetores/Biomas_5000mil.zip A data de download foi 07/07/2018 Metadado original: http://www.metadados.inde.gov.br/geonetwork/srv/por/metadata.show?id=75177&currTab=simple

  • Mosaico do Pantanal para o ano de 2016. O mosaico utiliza imagens do satélite Landsat ou similares para minimizar o problema de cobertura de nuvens, registrar e quantificar as áreas desmatadas acima de 6,25 hectares. O PRODES considera como desmatamento a supressão da vegetação nativa, independentemente da futura utilização destas áreas.